Foi assinada na manhã desta segunda-feira, 4, a ordem de serviço que autoriza a construção do Hospital Metropolitano. A assinatura do governador Rui Costa ocorreu durante cerimônia realizada no local das futuras instalações da unidade, no bairro de Areia Branca, em Lauro de Freitas. A previsão é que as obras sejam concluídas no prazo de um ano, quando o hospital passará a atender os 13 municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS), com urgência e emergência e procedimentos de alta complexidade.

Com investimento de R$ 180 milhões e capacidade para 265 leitos, o hospital geral de grande porte terá 27.900 metros quadrados de área construída e área total do terreno de 90 mil metros quadrados. A unidade terá capacidade para realizar procedimentos de média e alta complexidade em diagnóstico e tratamento, nas especialidades clínica e cirúrgica, em regime ambulatorial e de internação hospitalar, em caráter de urgência e eletivo, além de Unidade de Atenção ao Acidente Vascular Cerebral (UAVC), Centro de Traumas e Serviço de Alta Complexidade em Neurocirurgia. Em procedimento de complexidade, serão 300 atendimentos por dia.

Segundo Rui Costa, após a inauguração do Hospital Metropolitano, será iniciada a reforma do Hospital Menandro de Farias, também em Lauro de Freitas, que funcionará como unidade materno-infantil. “Temos ainda a maternidade de Camaçari, que nós vamos entregar em 2018 e, completando, após a inauguração desta unidade, com uma grande reforma também Hospital Geral de Camaçari”, ressaltou o governador.

Na ocasião, também foram autorizadas as obras de pavimentação asfáltica de 2,6 quilômetros da Rua Djanira Maria Bastos, via de acesso ao novo hospital.

SHARE