O cantor Jau é uma das principais atrações do projeto Pôr do Som que acontece nesta sexta-feira (12), na cidade de Madre de Deus, região metropolitana de Salvador, na abertura do Madre Music 2018. O festival acontece na cidade de Madre de Deus, região metropolitana de Salvador, entre os dias 12 e 26 de janeiro, e contará com três edições do Pôr do Som Madre Music, uma da Arena Madre Music e do Beach Music.

A abertura oficial acontece às 17h, com o show do cantor Jau, Gleidinho Salvattori e da banda My Friends, no alto da Igreja Matriz Nossa Senhora de Madre de Deus. O local é um dos pontos turísticos mais visitados do município e garante uma bela vista para as ilhas de Maria Guarda e Paramana.

Também se apresentam no Pôr do Som Denny, Eber Lima e Miguel e A Triade, no sábado (13). A banda Adão Negro e a cantora Ariany Azevedo sobem ao palco na Ilha de Maria Guarda.

Madre Music

Com uma programação enxuta, o evento abre temporada musical da cidade. Este ano terá quatro dias a menos por conta da crise econômica. Na grade de atrações estão nomes da música baiana como Jau, Léo Santanna, Estakazero e Denny, ex-vocalista da Timbalada.

A crise econômica, de acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Djalma Thuller, em entrevista ao programa Baiana Livre, levou a redução de 70% dos investimentos, com recursos no valor de R$ 470 mil. O Madre Music contará com o apoio do Governo do Estado, através da BahiaTursa. Na edição do ano passado, foram nove dias de festa. Ainda segundo o secretário, o governo municipal priorizou a manutenção de serviços considerados essenciais e as finanças equilibradas.

Entre as novidades, estão o Beach Music, que será realizado em um palco que será montado na praia com o projeto “Estakanágua” que tem como atração a banda Estakazero. “A gente pensou no Beach Music e que vamos inaugurar com o Estakanágua. É um projeto muito bacana que vai ser realizado em frente a Igreja do Bonfim”, disse.

SHARE